Descobri que não odeio o Rosa

rosaQuando eu era pequena tinha uma roupa de um tecido que chamamos de soft, toda rosa, que quando minha mãe colocava em mim eu ficava parecendo um algodão doce!

Continue lendo

12 thoughts on “Descobri que não odeio o Rosa

  1. Sério que eu não tinha visto esse post? Olha juro que fiz um rascunho ha 02 meses atrás sobre o mesmo tema e o meu chamava: Porque não posso gostar de rosa hahahaha. Vou tentar finalizar e linkar com o seu! A minha historia é meia que inversa. Adoreiii!!! Um grande abraço, Himmel <3

  2. Me mande rosa, me mande lilás, me mande azul, me mande o que for! Eu não vou usar nada do que for preto e branco hahahaha! Deus abençoe o fato de eu agora poder usar o que eu quero, porque não confio muito no gosto da minha mãe pra roupa hihihihihi!

    Como você, eu também cresci com todas essas noções de que haviam coisas de meninos e coisas de meninas. E eu detestava! Hoje eu continuo sendo a mesma: ogra, comilona, boca suja e maquiadíssima. Porque eu vou usar meu batom vermelho, vou usar saia e vou fazer o que eu quiser. Porque lugar de mulher é onde ela quiser!

  3. Pois é Luna, quando bebê realmente para identificar é mais fácil… mas essa questão de que é para menino ou menina é o que faz muitas pessoas não gostarem de certas cores rs.

    Obrigada pela visita!

  4. Eu tenho me interessado bastante por ilustração ultimamente, e adorei essa sugestão de ilustradora que você postou aqui. Vou acompanhar mais o trabalho dela.
    Um beijão!

  5. Eu confesso que também tinha esse preconceito, apesar de usar o rosa, nunca gostei de nada “fofinho” demais porque não tem nadaaaa a ver com minha personalidade, principalmente quando eu estava passando pela fase rebelde da adolescência haha
    Hoje em dia também sou bem mais desencanada e uso o rosa de boa, tanto que descobri que essa é uma das minhas cores prediletas de esmalte, entretanto, o branco e o preto sempre irão reinar quando o assunto são roupas haha

    Beijão
    http://www.perigosasgarotas.com.br/2015/07/posteres-decorativos-para-imprimir.html

  6. Rosa, nunca será minha primeira opção, pelo menos para roupa e acessórios por exemplo, mas depende muito do tipo de roupa, da ocasião e tudo mais, um pouco realmente é pelo fato de existir muito essa coisa de “rosa é para meninas e azul para meninos”, quando se fala de um bebê, até concordo, porque muitas vezes fica difícil de identificar um bebê como menina ou menino só pelo rosto, a cor ou estilo da roupa ajuda muito para evitar constrangimentos, mas não é uma questão de ódio pela cor nem nada, apenas que prefiro cores mais sóbrias, um pink, por exemplo, não me agrada e provavelmente jamais irá… :)

Obrigada pela visita, fico muito feliz pelo seu comentário ;) Volte sempre!