Eu li: Deixe a neve cair

deixe a neve cair capa

Título: Deixe a neve cair (Let it snow)

Autores: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle

Editora: Rocco, 2013

Gênero: Romance, Ficção Juvenil

O livro é composto por três contos, cada um escrito por um autor: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle. Os contos são interligados e se passam na véspera de natal na cidade de Gracetown, na pior nevasca em cinquenta anos.

O Expresso Jubileu – Maureen Johnson

Jubileu é uma adolescente que mora com os pais em uma cidade grande. Na véspera de natal os dois são presos após se envolverem em uma confusão durante uma liquidação em uma loja. Para não passar o Natal sozinha, Jubileu é enviada pelo advogado da família para a Flórida, de trem, para a casa de seus avós.

Devido à nevasca, o trem atolou nos arredores da cidade de Gracetown, e ela resolve descer e ir até uma cafeteria que fica do outro lado da rodovia. A partir daí Jubileu embarca em uma nova aventura.

O Milagre da Torcida de Natal – John Green

Tobin está em casa na véspera de natal, assistindo filmes com seus amigos JP e Duke quando recebe uma ligação com uma proposta irrecusável: Keun, seu colega da escola, trabalha numa cafeteria que foi invadida por um grupo de líderes de torcida que viajavam num trem que atolou.

A missão de Tobin e os amigos é chegar à cafeteria, mas em meio à maior nevasca em cinquenta anos, muitas coisas acontecerão no caminho.

O Santo Padroeiro dos Porcos – Lauren Myracle

Addie está em depressão após terminar o relacionamento com o namorado. Suas amigas Dorrie e Tegan vão tentar ajuda-la, e após uma longa conversa ela reconhece que tem sido uma garota muito egoísta.

No dia seguinte, na Starbucks onde trabalha, Addie vai se empenhar para se tornar uma pessoa melhor, mas seu Natal não será como planejado.

deixe a neve cair frase
Imagem original do freepik

O primeiro conto não foi interessante para mim, achei a história bobinha, com muito “mimimi” e totalmente previsível.

O segundo foi meu preferido, uma história muito animada e engraçada. Quando Tobin decide sair de casa no meio de uma nevasca já dá para imaginar que vai se meter em confusões no caminho.

O terceiro é o que tem mais cara de conto de natal, a garota Addie vai repensar suas atitudes e tomará a decisão de se tornar uma pessoa melhor. Mas essa escolha não vai ser tão fácil como ela imaginava.

Neste conto todos os personagens dos outros contos se encontram e o Natal deles será o melhor que já viveram até então.

Um livro muito bom para ler em clima de Natal.

 

Até a próxima!

Meu perfil no skoob 

Perfil da Aline no skoob

assinatura hellollanne

É tempo de Natal

Natal - Hipermetropia Fashion

Olá pessoas, tudo bem? Quem concorda que mesmo reclamando para o ano terminar pois não aguenta mais trabalhar/estudar, o ano passou voando? Pois é, já estamos no último mês do ano e com ele vem a Simone, o panetone e as uvas passas no arroz.

12107728_1065262886825900_6596162935333866687_n

Confesso que fico de mimimi no Natal porque não consigo sentir toda aquela magia que as propagandas e lojas passam para a gente, e fica um vazio como se só o meu Natal não fosse mágico. Sei que em parte o que conta são as tradições das famílias, pois tem famílias que enfeitam tudo, colocam músicas, fazem festão, amigo secreto e até visita do Papai Noel acontece… mas a minha realidade é me arrumar para assistir o especial de Natal na televisão muitas vezes.

12274429_1065262756825913_5199644027946724744_n

Desde que casamos, aqui no nosso apartamento tentamos reavivar o espírito do Natal, nem que seja enfeitando a árvore, e sempre fazemos isso juntos. Este ano ainda não montei minha árvore por conta da reforma no apê, mas não pude deixar de comprar este pote de biscoito de Natal (ou biscoito seco, como chamamos aqui), eles são tão lindos e meigos e trazem um pouquinho de alegria ao meu coração que busca a magia do Natal.

E você, o que acha do Natal e o que tem feito?

Até a próxima!

Todas as fotos foram tiradas por mim e elas podem ser compartilhadas, porém devem ter os devidos créditos!

DIY: Bolas de Natal de papel

bolas de natal 2

Oi pessoal, tudo bem?

E aí, já montaram a árvore de Natal? (eu ainda não.. hihihi) Se não montou pega essa dica de faça-você-mesmo de bolas de Natal de papel e aproveita que ainda dá tempo.

Conforme a tradição católica, a árvore de Natal deve ser montada a partir do dia 30 de novembro, que é o começo do período do advento. Ela deve acontecer aos poucos, se intensificando a partir de 17 de dezembro, momento em que a bíblia começa a falar do nascimento de Jesus. E em 6 de janeiro, que é  Dia de Reis, é o dia de desmontá-la.

Com essas bolas você pode decorar a árvore, montar uma guirlanda, fazer um arranjo de centro de mesa… basta usar sua criatividade.

Modelo 1:

diy material 02

Usei papel com tema natalino, fio ou linha para crochê, furador, tesoura, régua e lápis.

Cortei o papel em tiras de 1,5 cm de largura por 15 cm de altura (para fazer uma bola de tamanho médio). Alterando a media da tira de papel você consegue fazer uma bola menor ou maior. Furei nas pontas e passei uma de cada vez pelo fio que tinha um nó na ponta para não escapar. Depois passei novamente pelo fio para ficar no formato e finalizei com outro nó e uma argolinha para pendurar. Se não for pendurar não precisa da argola.

Modelo 2:

diy material 01

Usei papel papel A4 com gramatura 180 nas cores verde e vermelho, cola, pincel, tesoura, régua, lápis e um pedaço de fita bebê dourada.

Cortei 10 círculos de cada cor de 4 cm de diâmetro. Dobrei as bordas formando um triângulo no centro e colei em três etapas: uma fileira de 10 círculos, intercalando as cores; e dois semicírculos formados por 5 círculos cada; e em um deles colei a fita dourada formando uma argola. Usei grampos de roupa para ajudar na colagem, senão tem que ficar segurando até a cola secar. Depois montei as três partes.

Modelo 3:

diy material 03

Usei duas folhas de papel crepom, um arame (aquele de fechar saco de pão), fita bebê dourada, tesoura, régua e lápis.

Cortei a folha de papel crepom aproveitando a largura em duas tiras de cada cor. Dobrei toda a folha fazendo um zigue-zague, uma dobra para cima e outra para baixo. Amarrei no centro com o arame e já prendi a fita junto. Cortei as pontas formando uma seta. Depois é só abrir o papel crepom, com muito cuidado para não rasgar e formar a bola.

Até a próxima!

assinatura hellollanne